Na década de 1930, a falta de energia elétrica na região, levou o prefeito Adolfo Schneider a buscar alternativas para o problema. Em 1936 foi iniciada a construção da usina que tinha 160 HP de capacidade, corrente alternada, três fases e 50 ciclos com rede para a cidade de 6.600 volts, que chegava aos consumidores em 220 e 380 volts. A inauguração ocorreu em 11 de dezembro de 1937.

Durante 10 anos a usina foi auto-suficiente, mas a situação se agravou e teve-se que instalar mais dois motores a diesel de 100 HPs para reforçar a usina.

A usina abastece o Complexo Caldas de Prata com energia elétrica. Produção de 240kw/hora, para consumo exclusivo do parque.

Caldas do Prata

Caldas do Prata

*Clique na imagem para visualizar